top of page
ESTAMPA SEM MARCA.png

Rota do Lagarto

Coffea arabica

Microlotes  | Melaço, Floral e frutado

Lavado ou natural || +1000 metros || 16 up || NY 2

É no coração do Espírito Santo, cercado por verdes matas que floresce e é colhido o café Rota do Lagarto. Seu nome é devido a uma formação rochosa de 1822 metros chamada Pedra Azul. Grudado a ela tem uma pedra menor, o Lagarto. Para observá-lo é preciso ter atenção e criatividade. Existem diversas lendas que os moradores contam sobre o ancião e todas são cheias de mistério e amor, mas a mais interessante é que ele é o guardião de toda a riqueza das Montanhas Capixabas. Vigilante, ele observa do alto toda a região das Montanhas Capixabas e seus olhares atentos captam a essência do lugar: uma raridade capixaba. Andorinhas o cercam. Espécies nunca vistas habitam ao seu redor. O microlote te transporta para esse recanto único no mundo. A estrada estreita de sete quilômetros que fica embaixo da Rota do Lagarto, permeada por lindas árvores e bosques, te convida a explorar a alta gastronomia, natureza rica e muita história.

O café Rota do Lagarto apresenta ao mundo os mais diversos sabores e processos que as Montanhas Capixabas tem como segredo. Cafés com notas florais, frutadas e melaço te convidam a desvendar a complexidade da região.

Rota Azul

Coffea arabica

Melaço, Caramelo e Cítrico

WASHED || 900 to 1100 meters || 16 up || NY 2

Estrada de chão, uma paisagem verde intensa e uma conexão única com a natureza te incitam a apreciar o som dos pássaros, a fauna e flora ricas - árvores nativas, tucanos e flores exóticas - e convidam a apreciar esse pedaço de paraíso onde fica localizada a sede da Farmers Coffee. Pequenas famílias que antes já se dedicavam com muito carinho ao cultivo da lavoura de café, hoje estudam e unem o amor à ciência. Muita tecnologia chegou à Rota Azul e todas as famílias que vivem no lugar desfrutam dessa oportunidade. No café não seria diferente, a complexidade da bebida é tão limpa que lembra um espumante na docilidade. Uma bela maneira de comemorar, brindando o delicioso Rota Azul com pessoas especiais.

ESTAMPA SEM MARCA.jpg
ESTAMPA ROTA DOS TROPEIROS SEM MARCA.png

Rota dos Tropeiros

Coffea arabica

Frutado, Caramelo e chocolate

Natural || de 800 a 1000 metros || 16 up || NY 2

O Brasil é um país muito grande e diverso. Há pluralidade de povos, regiões e costumes. No século XVII os cavalos eram um dos principais meios de transporte e quem os cavalgava eram os tropeiros. Homens responsáveis por transportar mercadorias e guiar o gado por longas distâncias desbravando florestas, rios e a natureza intocada. A conexão que os Tropeiros faziam exalta a pluralidade e a essência do nosso Brasil.

O café Rota do Tropeiros homenageia esses desbravadores que abriram caminhos e exploraram o país. Na bebida, toda a potência de sabores e características do Arábica das Montanhas Capixabas e Caparaó com notas frutadas e presença marcante do sabor do caramelo e chocolate. Um café encorpado e com finalização prolongada que encanta.

Conilon Capixaba

Coffea canephora

Frutado, nibs e avelãs

Fermentação Anaeróbica || 500 a 650 metros|| 15 up

Herdando o nome dos moradores do Espírito Santo, esse Conilon traduz a essência da população local: uma comunidade trabalhadora que se dedica com muito carinho ao café. O cuidado diário dos produtores é apreciado em uma bebida cremosa com finalização duradoura. O Espírito Santo é o estado brasileiro que mais produz café Conilon do Brasil. Só é Conilon se for Capixaba, isso porque foi conferido ao estado o selo de Identificação Geográfica (IG). O orgulho do capixaba em poder representar o Café Conilon é tamanho que se nota ao degustar o café.

Grãos cerejas maduros são colhidos de 500 a 650 metros de altitude pelas mãos de quem se dedica ao trabalho no campo e que respira café. Colheita seletiva no tempo de maturação ideal. Depois são levados para a secagem. Normalmente quem fica no comando de cuidar da temperatura e de mexer o café são as mulheres. Após completa secagem é feita a fermentação anaeróbica dos grãos que conferem ao café notas frutadas que remetem a nibs de cacau e avelã. Em todas as etapas do manejo do café, as famílias permanecem unidas e cada indivíduo cumpre com maestria a sua função. Ao final de cada dia todos se unem e agradecem pelas bençãos.

ESTAMPA SEM LOGO.png
ESTAMPA PNG SEM MARCA.png

Conilon Imperial

Coffea canephora

Caramelo e creme de avelãs

Washed || de 500 a 600 metros || 14 up

O nome imperial exemplifica tamanha raridade e grandeza e faz referência a Rota Imperial que no século XIX servia para escoar a produção de ouro. Os Tropeiros por meio de cavalos e charretes faziam esse percurso por matas nativas e rios. Hoje, os cavalos foram substituídos por tratores e caminhões e o ouro por um item tão valioso quanto: o café.

Antes não era com café de qualidade, mas agora, os mais jovens buscam unir a expertise familiar com as novas tecnologias e aprimoraram a qualidade da bebida resultando em um Conilon com notas de caramelo, creme de avelã com uma acidez média, corpo cremoso, sabor limpo e persistente que ganha corações por onde é torrado e consumido.

Conilon Tropical

Coffea canephora

Frutado e amendoado

Natural || 500 metros || 14 up

Inspirado na brasilidade e tropicalidade, o Conilon Tropical exalta a sincronia com a região que é cultivado. Árvores nativas são comumente encontradas em meio às lavouras, fazendo sombras nos cafés. Cedros, Ipês e outros exemplares históricos têm uma relação direta com a produtividade. Outras culturas também são plantadas em meio a lavoura essas servem tanto de renda extra para as famílias ou para o enriquecimento do solo. Banana e abacate são comumente vistos pelas plantações.

À sombra das árvores nascem os cafés que são polinizados pelas abelhas que vivem pela área. A Uruçu capixaba é uma das responsáveis por fazer esse trabalho. Na época da florada do café é incrível presenciar esse momento. Os farmers são tão gratos a elas que é possível ver diversas colmeias espalhadas pelas matas, uma relação exemplar do homem e natureza.

Os nossos fazendeiros parceiros prezam por cuidar bem não só dos cafés, mas como da natureza como um todo. Abelhas, passarinhos, animais silvestres e pets são todos muito bem cuidados por eles. O Conilon Tropical é mais do que um café, é uma bebida que exalta a sustentabilidade, a natureza e o trabalho minucioso dos produtores. Na bebida você encontra notas frutadas e nuts, um adocicado de acidez média com corpo macio e limpo de finalização média.

ESTAMPA COLOR SEM LOGO.png
ESTAMPA SEM LOGO.png

Conilon Origem

Coffea canephora

Terroso e amadeirado

Natural || 400 metros || 14 up

É das mãos trabalhadoras que o Conilon origem se origina. Mãos que preparam o solo, plantam, fertilizam e colhem o café são as mesmas que cuidam dos filhos e da família. Muitas vezes calejadas são motivo de orgulho e estas cultivam com muita atenção o Conilon origem.

O resultado é uma bebida com acidez baixa, corpo potente e com notas terrosas e amadeiradas.

bottom of page